Reprodução autorizada desde que mencionada à autora e o site www.psicologiaemanalise.com.br/

14 de fevereiro de 2012

Estou quase lá!


BOLSA DE MULHER
Dez motivos que podem estar atrapalhando o seu orgasmo

  
Algo mudou no seu relacionamento – mas só para você! Ele, no entanto, continua cheio de desejos, expectativas e super disposto. Já no seu caso, o sexo não anda bom e o orgasmo passa longe na hora H. É possível, então, que alguns vilões do prazer estejam rondando a sua relação. Para resgatar o seu apetite sexual, pedimos a ajuda de uma especialista, que lista dez motivos que podem estar atrapalhando a sua
libido.

Baixa auto-estima: As mulheres costumam exigir muito de si mesmas e se cobram em excesso. O que elas não entendem é que o parceiro não é um grande observador de defeitos. Muitas vezes, a auto avaliação é o que atrapalha o momento.

Estresse: “O homem procura o sexo para aliviar o estresse, já a mulher não funciona se algo estiver errado no trabalho ou na família”, explica a psicóloga clínica Jacqueline Meireles. Por isso, procure um meio-termo e evite pensar nos problemas do dia a dia antes de ir para a cama.

Pouco tempo de namoro: A questão da intimidade com o parceiro pode ser uma grande barreira na hora do orgasmo. “Caso você não se sinta à vontade com o seu namorado, pode não conseguir chegar no clímax por vergonha”, ressalta Jacqueline.

É preciso treinar sozinha: “A masturbação feminina ainda é um tabu para algumas mulheres, mas conhecer o próprio corpo é fundamental. Assim, você pode dizer para seu parceiro como fazer e onde tocá-la.”

Clitóris: “Você sabia que o orgasmo clitoriano não é exceção à regra? A maioria das mulheres sente orgasmo a partir da estimulação dessa parte do corpo tão importante na hora do sexo. Por isso, não a ignore!”

Anorgasmia: “Não sentir prazer, apesar de não ser um problema comum, pode ter origem psicológica ou física. Nesses casos, procurar orientação médica é primordial.”

Sem preliminares é mais difícil: “Nada de pressa! Antes da penetração é importante beijar, acariciar, tocar, sentir... Brinquedinhos eróticos também podem ajudar a estimulá-la, deixando-a mais lubrificada.”

Beija aqui e toca ali: “Sinalizar onde você sente prazer é o melhor atalho para um orgasmo inesquecível.”

Acabei de ganhar um bebê: “Para algumas mulheres o pós-parto diminui a libido. É uma consequência do instinto maternal e das adaptações. Aos poucos, reserve um tempo para o casal. Faça um jantar à luz de velas e procure relaxar.”

Ansiedade para chegar lá: “Ir para a cama pensando no orgasmo não é uma boa ideia. Relaxe e aproveite o momento, sem cobranças ou expectativas. Assim, as coisas acontecem naturalmente.”
 

Jacqueline Meireles
Psicóloga/Consultora


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, participe dessa construção!