Reprodução autorizada desde que mencionada à autora e o site www.psicologiaemanalise.com.br/

22 de outubro de 2012

Não aceite repetições


Por mais que o inconsciente resista, lute e busque e não aceite as chamadas repetições. Cada momento é um instante único que deve ser saboreado e bem aproveitado.

Entender essa passagem ajuda a fortalecer e a enaltecer o presente, pois assim, as atitudes tornam-se mais conscientes e seguras. Se for buscar de novos desafios, então vá com tudo, livre-se do passado apavorador, aproveite para renovar a esperança e suas forças.

Quanto menos se fixar aos acontecimentos negativos aos planos que não deram certo, e por algum motivo não foram satisfeitos, maior será o foco no presente junto as chances de melhora.

Mesmo que o sujeito decida por repetir suas experiências anteriores de maneira fidedigna, pouco conseguirá, visto que a conotação, o tom de voz, a linguagem e meio tem por si, uma forte influência de interferir.

Tal afirmação pode ser observada em inúmeros momentos, mudança de emprego, profissão ou mesmo de relacionamento. É importante estar ciente que nenhum acontecimento será igual ao outro, situações e pessoas são diferentes e mutáveis.

Os momentos são únicos, mesmo que pareça ser similar, apenas a mente busca funcionar do mesmo modo, procura associações semelhantes e quando acolhidas funcionam como formadora de conceitos e preconceitos, quer seja na capacitação de palavras, atos quer seja na semelhança de tempos previamente vivenciados.

Quando o individuo tem a possibilidade de se observar externamente, simultaneamente ele poderá descobrir outras possibilidades por meio de mecanismos diversificados.

A cultura, os ritos tendem a exercer grande influência no comportamento dos indivíduos que são estimulados a repetir determinada história de vida, dentre as quais a escolha profissional dos pais e até mesmo buscar características semelhantes de parceiros.

Contudo, quando o sujeito entende que tem o poder de derrubar esse muro, de traspor as histórias programadas algumas vezes por terceiros, ele então percebe que não precisa repetir e que ele pode mudar crescer, melhorar e evoluir.

A vida está em constante transformação, oferecer o primeiro passo é um fator importante para que as situações se invertam e as soluções apareçam. A fotografia é um claro exemplo, os registros são formas de eternizar os momentos por meio da memória fotográfica. Entretanto, nem mesmo a fotografia é capaz de refletir a emoção que ocasiona um momento.

Muitas das lembranças são recheadas de imaginação, causadas por sofrimentos desnecessários em virtude das repetições retidas. O hoje é único e o amanhã também, viver o presente de forma positiva e construtiva é um poderoso medicamento fortalecedor. Entender que os acontecimentos não são retilíneos que tem contornos e formas, gestos e cor, cheiro e calor.

Compreender que todos merecem o melhor; trabalhar e lutar, buscar ser o mais perfeito que se pode ser. Enfim, aceitar o milagre da vida, que todos os dias nasce e morre.

Dê o primeiro passo que os demais acompanham!


Jacqueline Meireles
Psicóloga/consultora