Reprodução autorizada desde que mencionada à autora e o site www.psicologiaemanalise.com.br/

11 de abril de 2012

Valores e ambições


Em meio a tantos estímulos, convites, papéis sociais e profissionais, o homem carrega sonhos e projetos por vezes grandiosos. Transversalmente surgem desejos audaciosos que quando verticalmente positivos traz crescimento, contudo o desenvolvimento dependerá exclusivamente da forma como o sujeito conduz suas escolhas.
Vinculada ao poder a ambição denota força, status, este, mais voltado à visibilidade social, ser o grande pilar, aparecer. Cobiçar uma vida melhor não é ruim, embora o limite o desejo seja sempre os valores éticos e morais existentes em cada pessoa em maior ou menor grau.
O homem é um ser social é um ser de relação, seu ponto limite é o outro, quando há invasões desnecessárias, essas tendem a gerar consequências emocionais desastrosas. Ter opiniões valiosas não é construir uma realidade preconceituosa, mesquinha, o ato e o auto respeito parte de atitudes positivas perante a vida.
Certo que o valor não é emocionalmente mensurável, aliás, ele é medido por intermédio  de métodos legais. Todas as civilizações têm seus códigos de conduta, empresas e corporações também, valor além de ser algo privado é social. É ético.
Quando o valor atribuído às posições sócias transcende o ser humano, o respeito que se acredita ter pelo outro mostra-se efêmero, todos os interesses pessoais, ou grande parte deles, finda em si, não existe ninguém capaz de barrar tais ambições. Tais atitudes quando carregadas de cobiça, causam efeitos irreparáveis, quando não, de difícil correção.
Competições acirradas tende a deixar marcas, o poder é sempre associado ao prestigio, energia, mas por outro lado mostra-se rígido, frio e apresentam algumas perdas, estas quando não estão bem colocados e alinhados aos valores. Trabalhar para o sucesso é salutar, definir a priori o caminho a ser trilhado rumo às conquistas ajudam o sujeito a ter uma conduta mais ética e assertiva.
Pensar no sucesso como algo grandioso, pleno de poder é estimulante e parte das ambições pessoais de cada sujeito. Para conquistar esse verdadeiro sucesso é imprescindível que tais interesses estejam respaldados nos valores éticos e morais que devém anteceder as ambições.
Ambição sem ética é desleal, traidor, desumano, mais que isso é puro egoísmo. Ser ético na vida é firmar-se em importantes atitudes no bem, onde o movimento de agir e pensar estão em perfeita harmonia, tendo como lugar, um envolvente psiquismo criado para o afeto, consideração e harmonia na convivência com os outros.
Quando cada sujeito consegue compreender suas reais necessidades, este tem a possibilidade de trilhar caminhos mais seguros, com menos ilusões. Ter atitudes honestas que ajudam a conquistar credibilidade, além de mostar, transmitir boa persona.
Valores são de natureza individual, mas transferíveis, ensinam coragem. Todo sujeito transporta em si um código de ética, este singular, construído por parâmetros extremamente particulares.

As leis gerais, sociais também constituem seus códigos de ética, bem como as empresas e repartições que se predispõe a constatar valores morais em seus colaboradores.
A confiança parte dos valores que cada sujeito transmite por intermédio do comportamento. 

Jacqueline Meireles
Psicóloga/Consultora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, participe dessa construção!