Reprodução autorizada desde que mencionada à autora e o site www.psicologiaemanalise.com.br/

21 de fevereiro de 2017

Entrevista de Emprego



O mercado de trabalho vem exigindo do candidato uma dose extra de habilidade. Com tantos profissionais a procura de emprego, a disputa por uma vaga está cada vez mais acirrada. O grande número de pessoas qualificadas está aquém das ofertas divulga.

Depois de um tempo atuando longe da disputa do mercado, o profissional perde um pouco o manejo e as entrevistas de emprego passa a ser a porta de entrada para empregabilidade. Após algum tempo sem vivenciar um processo de seleção é normal que o profissional perca um pouco do manejo, e se questione:

O que devo falar em uma entrevista?
Como devo me comportar?

Aprender a "vender" suas qualidades é fundamental, pois são elas que vão lhe possibilitar a contratação. Não falar demais ou falar de menos também pode ser o diferencial na hora da entrevista. Reaprender a expor suas qualidades é fundamental. Para isso o treino se faz necessário, a repetição forma o habito.

Nas primeiras entrevistas é normal que a pessoa fique um pouco nervosa. Ao fazer seu marketing pessoal o ideal é ser claro, sem demonstrar presunção. É importante ao sair de uma entrevista recapitular a fala, analisar se foi claro em suas colocações ou mesmo se deixou de salientar determinada habilidade. O ideal é sempre treinar em casa a falar, faça uma reflexão das principais atividades.

O mercado de trabalho está muito funcional, o profissional acaba executando inúmeras tarefas que não está no script de sua formação, mas isso não é ruim, pois essa dinâmica abri um importante leque de possibilidades, que bons recrutadores visionários saberão aproveitar.

O importante é aproveitar ao máximo o momento da entrevista para detalhar e demonstrar toda sua capacidade. Pois é nesse momento que surge a oportunidade de convencer o selecionador que você é o candidato ideal e que se encaixa perfeitamente no perfil de profissional que ele está procurando.

Algumas informações são imprescindíveis, saber o que a vaga solicita, pesquisar um pouco sobre a empresa, segmento, para que na hora da entrevista você mostrar que tem Plus a mais que ela solicita. É esse diferencial que vai lhe destacar de tantos outros candidatos.

Não tente conduzir a entrevista, o recrutador está ali para isso, ele sabe o perfil que a empresa está procurando. Mesmo que haja inúmeros candidatos com atividades semelhantes à sua é importante mostrar suas habilidades não só técnicas, mas comportamental, além de sua capacidade de resiliência.

E por fim, acredite, você deu o seu melhor naquele momento.

Jacqueline Meireles
Psicóloga/ Gestão de Pessoas