Reprodução autorizada desde que mencionada à autora e o site www.psicologiaemanalise.com.br/

7 de junho de 2009

Saúde Mental

Na atualidade fala-se e ouve-se muito a respeito da saúde mental, mas na verdade o que poderíamos considerar como uma boa saúde mental?

O conceito de boa saúde mental é amplo. Além dos transtornos psicopatológicos a saúde mental está ligada a uma série de fatores físicos, sociais, culturais e emocionais, sendo o conceito de saúde mental mais extenso que a simples ausência de transtornos mentais.

Observamos, hoje, um alto nível de sofrimento, conflitos e exigências relacionadas à problemas psíquicos decorridos de vários fatores, porém percebe-se ainda uma grande dificuldade e resistência em procurar um psicoterapeuta para trabalhar esses conflitos, essa dor, que vai além do físico.

Poucas pessoas realmente querem trabalhar esse problema, digo trabalho, isso mesmo. O processo psicoterapêutico exige muito trabalho, esforço e dedicação enfim, amadurecer, muitas vezes, dói. O olhar para dentro de si dói, porque muitas vezes preferimos olhar para a dor do outro do que para a nossa.

Percebe-se que há em algumas situações certa dificuldade para crescer. Tendemos a mergulhar no sofrimento porque sofrer, para alguns, trás prazer e recompensa. Dessa forma, a pessoa acaba sabotando o seu próprio crescimento.

Portanto, é necessário um olhar criterioso para si, afinal a mudança e a transformação dependerá do tempo de cada um, sabendo que, o processo psicoterápico não se faz sozinho, mas sim com o outro.



Jacqueline Meireles
Psicóloga/Consultora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, participe dessa construção!