Reprodução autorizada desde que mencionada à autora e o site www.psicologiaemanalise.com.br/

8 de janeiro de 2010

Ver é irreversível

Será que realmente ver é irreversível? Quando o homem se percebe em meio a tantas duvidas, ilusões que não o deixa ver as diversas possibilidades existentes a sua volta, pode ser dito que seu olhar está cego mediante a quantidade de estímulos apresentados.

Mas ao conseguir se livrar das amarras inconscientes que o oprime ele poderá enfim entrar em contato com seu ser, ou seja, com seus sentimentos, angústias, aflições e seus prazeres.

As situações que antes eram obscuras e sofridas vão então aos poucos clarificando e tomando forma, então é ai que pode ser dito, ver é irreversível.

Irreversível por diversas razões, o que foi descoberto não volta nunca a ser o que era. As falsas ilusões, negações, defesas, tudo que antes, por alguma razão o inconsciente recalcou agora está visível e consciente.

Porém é muito bom ver de verdade, encarar os medos, os atropelos, as pessoas como realmente são e você como realmente é, sem fingimentos, mentiras e negação.

Ver irreversivelmente trás ao ser humano a possibilidade de crescimento interior, amadurecimento e principalmente a possibilidade de uma vida melhor e mais livre.

Porque ver, além de ser irreversível é maravilhoso.



Jacqueline Meireles
Psicóloga/Consultora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário, participe dessa construção!